28 de dez de 2006

As chamadas mais idiotas para Call Centers



Transcrição de algumas chamadas recebidas em call-centers da Grã-Bretanha:
-------------------------------------
Cliente: "Estou ligando para 0700-2300 há dois dias e não consigo falar com vocês. Você pode me ajudar?"
Operador: "Onde o senhor pegou esse número, senhor?"
Cliente: "Ele estava na porta da Agência de Viagens."
Operador: "Esse é o nosso horário de funcionamento."
-------------------------------------
Cliente: "Pode me dar o número do telefone do Jack?"
Operador: "Sinto muito senhor, não entendi sua pergunta."
Cliente: "No manual diz claramente que eu preciso desplugar o aparelho de fax da tomada elétrica e da tomada de telefone (phone jack, em inglês) antes de limpá-lo. Você pode me dar o número dele?"
Operador: "Eu acho que o manual se refere à tomada de telefone na parede."
-------------------------------------
Cliente: "O seguro com Cobertura Européia do meu carro me cobre quando eu estiver viajando na Austrália?"
Operador: "O nome do produto não diz nada para o senhor?"
-------------------------------------
Cliente: "Se eu emplacar meu carro na França, terei que mudar o volante para o lado esquerdo?"
-------------------------------------
Cliente: "Eu gostaria do número do Bar Argoed Fish em Cardiff, por favor."
Operador: "Sinto muito, não está na lista. A grafia está correta?"
Cliente: "Bom, ele se chamava Bargoed Fish mas a letra B caiu."
-------------------------------------
Houve um cliente que ligou perguntando por uma fábrica de roupas em Woven (tecido em inglês).
Operador: "Woven? Você tem certeza?"
Cliente: "Sim. Está escrito na etiqueta, 'Woven in Scotland'."
-------------------------------------
Em outra ocasião, um homem respirando ruidosamente em uma cabine telefônica disse para o operador, que estava preocupado: "Eu não tenho uma caneta, então estou embaçando a janela pra escrever o número."
-------------------------------------
Suporte: "Eu preciso que você clique com o botão direito (right click, em inglês) no desktop."
Cliente: "OK."
Suporte: "Apareceu um menu pop-up?"
Cliente: "Não."
Suporte: "OK. Clique com o botão direito novamente. Vê o menu pop-up?"
Cliente: "Não."
Suporte: "OK. Pode me dizer o que você fez até esse ponto?"
Cliente: "Claro. Você me disse pra escrever (write, tem som parecido com right) 'click' e eu escrevi 'click'".
-------------------------------------
Suporte: "OK. No canto inferior esquerdo da tela, você vê o botão 'OK'?"
Cliente: "UAU! Como você consegue enxergar minha tela daí?"
-------------------------------------

Fonte: Revealed: Britain's stupidest call centre customers
Por Jeremy Armstrong do Mirror (UK).

18 de dez de 2006

FIFA Club World Cup

Numa grande final do Mundial de Clubes da FIFA, o SC Internacional derrotou o todo-poderoso FC Barcelona por 1 a 0. Foi um jogo histórico, onde o time espanhol era franco favorito. Vejam no Youtube os melhores momentos ou apenas o gol da vitória, marcado por Adriano. Segundo Joseph Blatter, presidente da FIFA, somos o 3º clube a vencer esse título. As competições anteriores, Copa Intercontinental e Copa Européia/Sul Americana, não eram Mundiais. Blatter não está sozinho, pois a maioria dos clubes que as venceram também pensam assim:

Atlético de Madrid (ESP) - Copa Intercontinental (1974)
Boca Juniors (ARG) - Copa Intercontinental (1977, 2000 e 2003)
Independiente (ARG) - Copa Intercontinental (1973 e 1984)
Inter de Milão (ITA) - Intercontinental Cup (1964 e 1965)
Juventus (ITA) - Intercontinental Cup (1985 e 1986)
Manchester (ING) - Intercontinental Cup (1999)
Milan (ITA) - Coppa Intercontinentale (1969, 1989 e 1990)
Nacional (URU) - Copa Intercontinental (1971, 1980 e 1988)
Olímpia (PAR) - Copa Intercontinental (1979)
River Plate (ARG) - Copa Intercontinental (1986)
Vélez Sarsfield (ARG) - Copa Europeo-Sudamericana (1994)

A Copa Intercontinental surgiu em 1960 pra determinar o melhor time do mundo, numa época em que apenas a UEFA e a CONMEBOL tinham competições continentais de clubes. Isso mudou no início dos anos 70, quando as demais confederações já tinham competições de clubes sólidas. Vejam como poderia ter sido uma hipotética FIFA Club World Cup de 1987:

UEFA: FC Porto (Portugal)
CONMEBOL: Peñarol (Uruguai)
CONCACAF: América (México), esteve no Mundial de 2006
OFC: Adelaide City (Austrália)
AFC: Furukawa Electric (Japão)
CAF: Al Ahly (Egito), esteve no Mundial de 2006

Quem garante que Porto e Peñarol chegariam mesmo à final? Talvez o Al Ahly ou o América, times de tradição, pudessem aprontar uma "zebra". Não sabemos, nunca saberemos, pois os times de fora do "eixo" UEFA-CONMEBOL estavam excluídos da disputa. Por isso a competição se chamava "Copa Intercontinental": confrontava apenas os campeões de duas confederações.

Na maior parte do mundo as pessoas e os clubes (conforme demonstrado acima) chamam as competições pelos seus nomes corretos: bananas são bananas, maçãs são maçãs. Em alguns lugares, no entanto, ainda insistem em chamar a antiga Copa Intercontinental de "Mundial" - notadamente, o Brasil. Talvez tenha a ver com o ufanismo exagerado. Talvez.